segunda-feira, 25 de julho de 2011

sexta-feira, 22 de julho de 2011

O que faz amar-te Senhor

Esta graça que é de graça
Esta verdade
            que transcende
a liberdade

Este amor colhido na fonte
Esta forma pura e branca
que transforma muros em pontes

Jeito divino de ligar o homem em Deus
faz da alegria a indizível emoção
Este jeito de perdoar
que branda
       a alma humana

Enche as formas vazias de viver
com seu amor
imenso,
          impregnante,
                          intenso.

Esta maneira conhecedora
do intimo secreto de cada ser
faz palpitar o amor por ti Senhor

terça-feira, 5 de julho de 2011

Deslumbramento da esperança




Mesmo que vivemos
a imperfeita fé,
mesmo que inventamos
a incompleta paz,
ainda que ocultemos
o silêncio marginal
podemos colher rosas
na casca da eternidade
das auroras e alvoradas

Nem tudo está perdido;
Pois vivemos no fio da esperança
nesta espera persistente
de ver a face da pureza